segunda-feira, 21 de março de 2016

Continues & Game Overs #22: O Monopoly da Maldade


Olá leitores, creio que muitos conheçam e usem a Steam, seja por sua variada lista de jogos, com títulos para todos os gostos ou por suas insanas promoções, nas quais jogamos nossas carteiras na tela do PC. Lá, além de todos os jogos Triple AAA , existe outro grande atrativo que são os games indie, jogos que muitas vezes trazem uma mecânica totalmente nova, ou apenas um gênero, mas com uma proposta totalmente diferente, assim como o Undertale, (que já foi mencionado aqui no blog, você pode ler clicando aqui), e em umas das minhas visitas por lá encontrei um jogo muito engraçado chamado Gremlins Inc. Imaginem o famoso banco imobiliário, mas ao invés de você ser uma pessoa normal, você é uma pessoa muito rica, um banqueiro, comerciante, promotor, e seu único objetivo é conseguir ficar acima dos outros, por qualquer meio possível.

Gremlins Inc é um board game online, dos desenvolvedores Alexey Bokulev e Sergei Klimov, o jogo mistura o sistema de board games, com um tabuleiro, com inúmeras casas, cada qual com um efeito, junto disso existe um sistema de cartas, e aqui começa a parte mais estratégica do jogo já que cada carta possui um número que indica o numero de casas que você pode andar, e então a coisa complica, pois usando uma carta para andar você não pode usar o efeito dela, dai você precisa pensar se realmente precisa usar essa carta, prestar atenção onde você vai andar, pois não existe nenhuma casa neutra, todas elas possuem algum efeito, alguns efeitos bons como a casa dos Bancos, Plano Astral, Cassinos e etc, e casas muito ruins como as casas de Suborno, Delegacias de Policia e os Infortúnios, que podem te tirar metade do dinheiro, sua influência politíca ou no pior dos casos, te jogar na cadeia (muitas vezes estragando seus planos), e é logico os outros jogadores, pois a qualquer momento eles podem armar pra cima de você, roubar seus recursos, te jogar na cadeia, afinal a regra principal desse jogo é não ser bonzinho, eu mesmo tentei fazer isso nas minhas primeiras partidas e me ferrei bonito. O jogo praticamente te obriga a ser mal, seja pra se defender apenas ou pra ferrar mesmo com a vida dos outros. A pegada steampunk criou a atmosfera perfeita para tudo, e os personagens são todos esteriótipos de figuras que muitas vezes ligamos a maldade ou corrupção, como banqueiros, promotores, comerciantes, bandidos, políticos (eles não poderiam faltar né?).

A trilha sonora é algo bem simples, que acaba até mesmo se tornando um pouco repetitiva, dependendo do tempo que você levar para terminar a partida, o tutorial do jogo foi bem legal, com um instrutor mega sarcástico e que de certa forma não te ensina muito, muito da mecânica você só vai
aprender na hora que estiver jogando normalmente, como foi o caso das eleições, que acabei virando Prefeito até mesmo sem querer (depois de uma rodada jogaram a carta do impeachment e me jogaram na cadeia). Os servidores também as vezes dão umas travadas e podem acabar derrubando a partida, mas isso é raro, comigo só aconteceu duas vezes.

Por ser um board game, as partidas muitas vezes podem ser lentas, já tive partidas de quase uma hora. Se você gosta desse tipo de jogo, essa aquisição vai valer muito a pena, o jogo é todo em Português, então não tem desculpa por ter jogado uma carta errada hein. Se você já jogou banco imobiliário e ficava imaginando uma forma errada de ganhar de seus amigos, esse jogo foi feito para você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário