quarta-feira, 30 de março de 2016

Séries em Série #19 | O Demônio, o Justiceiro e a Assassina

Demolidor voltou com muito mais sangue e menos referências.



A saga de Matt Murdock já está em sua segunda temporada e incrivelmente superou a temporada anterior em todos os sentidos. tem mais pancadaria, tem mais sangue e mais vilões, e há espaço ainda para mais de uma intriga e até para romance, então me acompanhe por este post e descubra porque para mim, Demolidor é a melhor série de herói da atualidade.

Depois dos eventos da primeira temporada, onde o Demônio de Hell's Kitchen enfrentou o Rei do Crime e seus cúmplices, a vida de vigilante parece crescer cada vez mais para Matt Murdock. Agora com um uniforme mais "profissional" as coisas não ficam em ordem por muito tempo.

O protagonista logo de cara se vê diante de outro vigilante, um mais mortal, que não se importa em matar e desde do primeiro episódio essas duas ideologias diferentes entram em conflito, o que no universo de super heróis significa que os dois caem na porrada, pura e gratuita, mais de uma vez. Mas a trama não se resume a isso. Um elemento, apresentado bem timidamente na primeira temporada está de volta e ganha força com o surgimento de Elektra (um antigo amor de Matt) e Stick. Em pouco tempo há coisas demais para se lidar e a carreira profissional de advogado começa a ruir, assim como a amizade com Foggy Nelson e um relacionamento amoroso prematuro. Fica claro que o protagonista deve fazer uma escolha: se quer buscar justiça nos tribunais como um advogado cego, ou nas ruas, como um vigilante implacável.

A série está muito mais visceral que a temporada anterior. As lutas continuam bem coreografadas e há um presente especial para todos aqueles que vibraram com a luta no corredor ainda no começo da primeira temporada. Uma dica: tem uma escada.

Demolidor segue por um caminho sombrio fazendo algumas menções a Jéssica Jones e Luke Cage, e praticamente nenhuma ao resto do Universo Compartilhado da Marvel, distanciando bastante essa realidade urbana e violenta que a Netflix está criando.

Em suma, Demolidor é bastante fiel ao quadrinhos, até o ponto em que se é possível em uma adaptação desse nível. Não há espaço para falhas técnicas como lutas toscas ou incoerências nas habilidades dos personagens. O herói é extremamente treinado, mas nem por isso deixa de levar muitos golpes, mas ele aguenta e vai para cima de novo, e de novo e de novo. As lutas realmente empolgam, assim como toda a trama, que ainda deixa ganchos para uma próxima temporada, com o retorno de velhos inimigos.

Demolidor está disponível no catálogo da Netflix, em suas 2 temporadas completas!



Então não tenha medo e siga o blog, isso nos ajuda muito. Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário