terça-feira, 30 de agosto de 2016

Comics & Cosmics #33 | Rat Queens - Pancadaria e Feitiçaria! [+16]


Aqui no blog vez ou outra falamos sobre quadrinhos, muitas vezes isso envolve super heróis, mas nem sempre, e é o que acontece neste post de hoje. Rat Queens mergulha em um mundo claramente inspirado em RPG, tendo como protagonistas um grupo de mercenárias. Quatro mulheres, de diferentes raças, com muito culhão, boca suja e sede de sangue.


"Eu conjurei um pequeno foda-se"
Rat Queens funciona como uma espécie de sátira aos universos de RPG clássico, mas ao mesmo tempo uma homenagem. Logo no inicio somos a apresentados a Hannah, a elfa maga, Violet, a anã guerreira, Dee, a humana clériga e Betty, uma miúça ladina. As quatro estão envolvidas em uma briga de bar que se estende por todo o centro de Paliçada, a cidade onde moram e deveriam proteger.

Aos poucos vamos entendendo que elas são um dos grupos mercenários que "protegem" Paliçada, saindo em missões para matarem monstros e bandidos, ou seja, as famosas quests de RPG. Porém, muitas pessoas não as vê, assim como os outros grupos, com bons olhos.


"Tequila, vodka e dois cogumelos
mágicos. Eles chamam de 'Betty'"
A história é regada a muito sangue e palavrões, tiradas excelentes e intrigas, com um ótimo gancho no final do primeiro arco. As Rat Queens realmente são duronas e sempre vão pra cima sem pensar duas vezes, embora também são humanas em seus personalidades, também possuem fragilidades, e falam abertamente de suas desventuras sexuais. Com personalidades bem estabelecidas, talvez seja difícil escolher sua preferida.

Embora, não seja obrigatória nenhuma familiaridade com RPG's em geral para acompanhar a história, quem conhece este mundo de rolar dados terá um tempero a mais na história, pegando referências aqui e ali, como nomes de capítulos ou habilidades que elas usam dentro do contexto da história.

Ainda, é bem interessante falar sobre a arte, com traços e cores excelentes. Há uma peculiaridade ainda que percebi, e é que os desenhos são levemente rústicos. Enquanto lê, você pode perceber que a artista deixa algumas linhas do esboço mesmo depois do desenho estar finalizado, o que cria um efeito muito bacana.


"Meus pais cultuam um polvo gigante que
voa. As festas de final de no eram
bem estranhas"
"Eu sei que minha espada foi feita
por um designer. Eu uso por ironia"
Rat Queens está sendo publicado no Brasil pela Jambô Editora (originalmente é publicado pela Image, nos EUA) e você pode adquirir no site da Nerdz clicando aqui. A edição brasileira é em capa dura com miolo totalmente colorido. Leia se puder e divulgue, afinal é sempre bom ter quadrinhos diferenciados e com um maior retorno, mais fácil será para a editora trazer logo o volume 2.

E não se esqueça de seguir o blog, isso nos ajuda a sempre trazer conteúdo legal!








Nenhum comentário:

Postar um comentário